Plagiar ou estacionar na vaga de idoso?

Charge: Raul Motta http://portfolioraulmotta.blogspot.com.br/search/label/corrup%C3%A7%C3%A3o

Charge: Raul Motta
http://portfolioraulmotta.blogspot.com.br Tag: corrupção

A Controladoria-Geral da União (CGU) realiza a 7ª edição do Concurso de Desenho e Redação cujo tema é “Pequenas Corrupções – Diga não” (link no final da página). O evento serve de introdução para um fato pertinente ao tema. A proposta da CGU é de extrema importância, pois contribui para despertar a consciência de jovens para pequenas corrupções que, em geral, não são vistas com tal.

Crianças não nascem sabendo, elas aprendem. Dia desses estava procurando uma vaga no estacionamento superlotado de um supermercado. Meu neto, na sabedoria de seus seis anos, disse: – Vó, tu já é bem velhinha, estaciona na vaga de idoso. Óbvio que poderia ter feito o que ele recomendava, porém expliquei que apesar de ser “bem velhinha” ainda faltavam alguns meses para ser legalmente velha e que tão logo fizesse aniversário, quando o estacionamento estivesse superlotado, poderia usufruir a vaga por direito.

Como blogueira, solicito permissão para utilizar charges, colocando os links de referência sobre dados que utilizo. Eventualmente lanço no Google um parágrafo de algum texto ou mesmo o título do blog, para encontrar páginas que reproduzem crônicas ou artigos de minha autoria. Algumas vezes os responsáveis pela inserção entram em contato, outros reproduzem algum dos textos, porém todos colocam a fonte. Vejo como um privilégio e uma honra essas reproduções, pois quem gosta de escrever, aprecia ser lido.

Alguns escritos fluem céleres, outros demandam pesquisa e um bom tempo para alinhavar todos os dados, até tecer a trama e pontuar o final, como no caso do artigo intitulado “A multifacetada EJA e seus desdobramentos no Rio Grande do Sul” (2010) localizado na aba identificada como EJA – Educação de Jovens e Adultos. Na época enviei-o para algumas revistas que publicam artigos educacionais, porém nenhuma delas retornou. Com propriedade julguei que o mesmo não era de interesse e posso presumir que em parte por não ter em meu currículo nenhum mestrado ou doutorado.

O artigo acima referido já registrou aproximadamente 9000 visualizações. Utilizo a plataforma wordpress.com por sua funcionalidade e, entre elas, a possibilidade de averiguar esse tipo de estatística. O artigo também foi publicado, em fevereiro de 2010,no Portal http://www.ijui.com, cujo diretor é o Professor Hilário Barbian.

O artigo ou o blog são citados em trabalhos acadêmicos, conforme é possível comprovar em alguns links expostos abaixo, mas surpreendente é averiguar que apesar de ter um parágrafo citado no artigo intitulado “A Política Pública da Educação de Jovens e Adultos no Estado do RS (p. 65 arquivo pdf ou p.128 no livro APERFEJA) os autores extraíram uma citação de Pedro Demo de um artigo publicado pelo Senac e utilizaram na sua lista de referências a copia daquela colocada no artigo escrito por mim, sem mudar nem mesmo a data de acesso. Conforme Sabbatini (2014) ao encontrar uma citação interessante num livro ou artigo, ao usá-la “para ser honesto intelectualmente irá dizer algo do tipo: esta citação aqui eu não vi com meus próprios olhos, mas encontrei citada neste outro trabalho aqui.” Ou seja, o famoso Apud.

Os autores, também iniciaram o último parágrafo da página na qual aparece a citação (p. 67 arquivo pdf) com uma frase retirada do meu artigo – ipsis litteris. Um plágio pequenino.

E para a CGU o pequenino também é significativo. O plágio é uma das pequenas corrupções ao qual se deve aprender a dizer não.

 

ARTIGOS CONSULTADOS:

SABBATINI, Marcelo. http://www.marcelo.sabbatini.com/4-fatos-que-voce-precisa-saber-sobre-a-citacao-da-citacao-apud/ Acesso em 15/05/2015

SOBRE O CONCURSO CGU:

http://www.cgu.gov.br/assuntos/controle-social/educacao-cidada/concurso-de-desenho-e-redacao Acesso em 14/05/2015

Links de trabalhos acadêmicos e outros (citações do artigo ou blog)

http://www.ufrgs.br/niepeeja/publicacoes-1/entre-imagens-e-palavras-praticas-e-pesquisas-na-eja/view entrar em: Livro APERFEJA.pdf — PDF document, 3082 kB (3156572 bytes) (A Política Pública da Educação de Jovens e Adultos no Estado do Rio Grande do Sul: desafios e atualidade (p. 65 arquivo pdf ou p.128 no livro APERFEJA – citação em 67 e 133)

Julho 2013 – A Educação de Jovens e Adultos – a busca de …

vidalinseja2013.blogspot.com/2013_07_01_archive.html19 de jul de 2013 – http://amaieski.wordpress.com Acesso em 19/07/2013 … Novos caminhos em educação de jovens e adultos – EJA: um estudo de ações do …

[PDF]PROVA COMPLETA TUTOR Presencial.pdf – IFPB http://www.ifpb.edu.br/…/PROVA%20COMPLETA%20TUTOR%20Presencial…Leia a Charge II a seguir para responder às questões de 10 a 12. Charge II. Fonte: https://amaieski.files.wordpress.com/2012/03/chargeprofessor1.jpg.

a importanciada informatica na sociedade pdf – P(1) – Docs …http://www.docs-library.com/…/a-importanciada-informatica-na-sociedade.htm…… de fada na formação de … sociedade em direção ao bem, tornando-a mais solidária e justa. File link: http://amaieski.files.wor…quisa-contos-amaieski.pdf …

· [PDF]Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Adriano …biblioteca.unilasalle.edu.br/docs_online/tcc/graduacao/…/afsilveira.pdf de AF Silveira – ‎Artigos relacionados http://amaieski.wordpress.com. Nos conteúdos dos blogs citados acima, a extração de dados e o processamento na íntegra possuem em números absolutos, …

Fundação érico veríssimo – cyclopaedia.net                                         pt.cyclopaedia.net/wiki/Fundacao-erico-verissimo amaieski.wordpress.com/2013/10/01/o-tempo-66-anos-da-biblioteca-erico-verissimo/ · Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho apoia o projeto “Erico Verissimo …

Charges: identidades docentes, charges e crise do/no … – UNISC https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/download/…/pdf_4 (jun/ 2015)

Anúncios

2 respostas em “Plagiar ou estacionar na vaga de idoso?

  1. Texto excelente e assunto muito pertinente!

    Estudei algum tempo na Universidade de Toronto, e o Canadá tem políticas muito rigorosas com relação à plágio. Cada universidade pode variar, mas na Universidade de Toronto (a maior daquele país) se um artigo repetir quatro palavras de algum outro artigo é considerado plagio.

    Para brasileiros, acostumados à não regra, pode parecer estranho, mas se você for pego plagiando, recebe uma “ofensa acadêmica”. Isso significa expulsão da universidade e adição da ofensa no seu histórico acadêmico, de forma que nenhuma universidade deve te aceitar para graduações/especializações.

    Quando mencionei isso em aula, certa vez, todos riram, dizendo que era impossível de acontecer. Quatro palavras, segundo meus colegas seria absurdo. No Canadá, porém, funciona.

    Abraço, professora!

    • Eduardo, repartir o tipo de experiência que tiveste no Canadá é excelente. Precisamos mudar nossa percepção sobre essas pequenas corrupções, algumas das quais estão arraigadas de tal forma que nem mesmo percebemos o que realmente são. Melhor ainda é ler um comentário de um ex-aluno que deixou ótimas lembranças. Grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s