Recursos – Poder judiciário pode anular?

Um questionamento sobre a possibilidade de buscar anulação de questões das quais não foram aceitos recursos, via judiciário, encontra resposta em:

http://jus.com.br/revista/texto/21015/da-legitimidade-do-poder-judiciario-para-anular-quesitos-de-certames-publicos-eivados-de-vicios-evidentes

Anúncios

8 respostas em “Recursos – Poder judiciário pode anular?

  1. Depois de ler a matéria do jornal em que o presidente da FDRH diz quase que como certo que não anulará nenhuma questão esses recursos judiciários são bem vindos obrigada!

      • Angela

        Abaixo a reportagem do presidente da FDRH

        Secretaria Estadual da Educação informou, nesta terça-feira, que prevê chamar os aprovados em recente concurso do magistério ainda em setembro. Conforme o diretor-presidente da FDRH, Jorge Branco, a lista de classificação deve ser entregue à pasta até 30 de agosto. Assim que o documento for entregue, a Secretaria deve dar início à nomeação. O prazo para os candidatos ingressarem com recurso terminou na segunda-feira. Cerca de 500 procedimentos foram encaminhados, mas só devem começar a ser julgados na próxima sexta, prazo para que os Correios entreguem todos os recursos.

        Conforme Branco, não há como precisar o tempo necessário para julgar todos os recursos, mas depois de concluído o procedimento, um novo gabarito é emitido para permitir a divulgação de uma segunda lista de aprovados. Ele adiantou, porém, ser improvável que alguma questão seja anulada.

        O concurso, realizado em 19 de maio, teve 66 mil participantes e 8% de abstenção. Os salários oferecidos vão de R$ 488,52 a R$ 1.355,64 para jornada de 20 horas semanais. Das vagas, 26% são destinadas às cotas; 16% aos candidatos negros e pardos e 10% às pessoas com deficiência.

        O prazo de validade do concurso é de dois anos, prorrogável pelo mesmo período. Essa foi a segunda seleção realizada pela Seduc na gestão de Tarso Genro. Na primeira, ocorrida no ano passado, 5,5 mil das 10 mil vagas foram preenchidas e, entre os aprovados, só 4,9 mil assumiram a função.

        Com informações do Correio do Povo/Rádio Guaíba.

        .

      • Fernanda, agradeço por repassares a matéria. Ele acha mesmo improvável alguma anulação? Pelo que vi, vai morder a língua… abraço

  2. Olá! Eu tbém fiquei bastante decepcionada qdo li essa reportagem onde o presidente da FDRH disse ser improvável algua anulação, fiz a prova para habil. 5.1 – Anos Iniciais e apesar de ter ido bem no restante da prova, fiquei por 1 questão no mód. I, entrei com recurso da questão 22 de Legislação e estou aguardando, espero que a banca examinadora tenha bom senso e opte pela anulação desta questão, afinal não estamos pedindo um favor para que a anulem para que assim consigamos passar, mas que se cumpra o que estava definido no edital…

    • Patrícia, acredito que algumas questões serão anuladas, independente da opinião do presidente, que não explicou como ou porque há tantas retificações e substituições de editais e anexos. Foi infeliz na colocação, como bem disse a colega Juciane.

  3. Oi prof !Só vi seu pedido agora…Mas vi que a colega já lhe passou a informação.
    Pois é acho que o comentário do Presidente foi infeliz!
    Abraço

    • Juciane,concordo contigo, foi extremamente infeliz. Eles nem mesmo conseguiram fazer os editais e anexos sem errar, retificar e substituir, mesmo sendo essa a área em que trabalham. Os professores que elaboraram as questões podem não ser tão experientes ou não há revisão das mesmas. Algumas delas com certeza serão anuladas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s