Concurso magistério – rede de ajuda e dicas II

Colegas

O outro post estava ficando muiiito longo, portanto, inicio esse. Quem chegou nesse texto direcionado por algum site de busca – google ou semelhante – basta clicar em “Início”  para ler as últimas publicações. Para ler todos os comentários, é necessário clicar no balão correspondente a cada um dos textos sobre o assunto. Em um deles há mais de 180 comentários. Vou continuar publicando as contribuições, para que vocês possam trocar idéias. Sobre questões de legislação, leiam os comentários de Rick, em https://amaieski.wordpress.com/2012/04/22/concurso-magisterio-rs-recursos/

Lis – (Lissandra) Prova 5.1 – conhecimentos da área professor a resposta no gabarito faz referencia a Miguel Zabalza, se não estou equivocada, não encontrei o autor no edital das séries iniciais,..Alguém concorda?????
lis – (Lissandra) – partilho da seguinte observação da Cristiane Ninaus – prova para anos iniciais, 5.1 – questão 31 no edital não encontrei – O assunto é Teorias da aprendizagem
(mediacionistas, associacionistas e da gestalt), também verifiquei o edital e não encontrei …
jóici lenz 1.8 Educação Física… questões 55 e 56.
Salete – questões 43 e 44 da Prova 1.1. ( Português e Literatura )
Rosi–  questão 48 das ciencias humanas e suas tecnologia.
Carol – Matemática – leia comentários de Robson
Lucivane – leia comentário de Vera
Quéliavisa  Liss  que Miguel Zabalza na bibliografia dos Anos Iniciais (5.1) infelizmente ele está lá sim, bem como as teorias da aprendizagem…
Anúncios

67 respostas em “Concurso magistério – rede de ajuda e dicas II

  1. Olá pessoal, Estou eleborando recurso para CP questão 13 todas as áreas, nela existe duas respostas Paulo Freire nas pág. 22 e 47 ele escreve sobre a construção do saber, como e uma questão que não fala em autor,pág., vale toda bibliografia do edital, a 19 tb tem a mesma situação ela tem duas respostas na visão de Paulo Freire. Vou tb entrar com CE 1.1 LP nas questão 55,58,60.

    grato
    vladiney

      • Paulo, seja bem vindo. Espero que o Vladiney dê retorno, mas se isso não ocorrer me avisa que entro em contato com ele. Abraço

      • Professora Angela
        Que loucura!
        É muita reprovaçao. A pontuaçao boa mas o tal de 60% em cada materia acabou conosco. Nao está certo. Nao podia ter sido alterado depois da abertura das inscriçoes. Que impotencia! Nada somos.
        Abraço
        Angela Silva

    • oi vladiney, eu também vou entrar com recurso nas questões 13 e 19….pode me mandar os teus recursos para eu dar uma olhada, pois eu também tenho o mesmo pensamento….cabem 2 alternativas de resposta nas questões.
      Meu e-mail: mmaske@ig.com.br, se puder me manda teus recursos. obrigada

    • Olá Valdinei!
      Preciso da tua ajuda. Preciso entrar com recurso nas questões 13 e 19 CP se puderes me ajudar com o recurso. Já fizestes estes recursos? Por favor me manda uma cópia para me basear. Agradeço.
      crismeyer@gmail.com

  2. Parece que o pessoal está ocupado por ai. Ou é o fim de semana?
    Gente, eu ja estou mais para anulaçao do concurso do que para recurso. A espera por isso ou por aquilo já ultrapassou os limites. É muita mudança para levarmos esse concurso a serio. Se pode anular para uns pode para todos. Nada mais correto e honesto para com todos.
    Abraços
    Angela Silva

    • Oi Xará, o negócio é ir elaborando os recursos, para anular é preciso entrar com uma solicitação no MP e isso exige advogado e tempo para que ele faça um petição bem fundamentada. Quem optar por esse caminho deve contratar logo o profissional.Abraço

      • Professora Angela
        Voce acha que a lista de aprovados sai antes da prova de Uruguaiana? Sei nao. Tudo muito silencioso.
        Angela Silva

  3. Oi Xará!
    Achei esse endereço e fiquei meio triste com um abaixo assinado para anulação alegando que o concurso foi elaborado visando vantagens para os contratados. Imagine! Tivemos as mesmas dificuldades que qualquer candidato teve independente de sua posição. Cada uma viu! Com tantas razoes para anular o concurso me deparo com uma razão sem cabimento. Dá uma olhada no endereço http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=MMS2012. O site oferece a criação de abaixo assinado. O que você acha? Cade o Rick?

    • Se fosse verdade, a maioria do pessoal que conheço nessa situação teria passado no concurso e não é o caso. Mesmo aqueles que são ótimos professores não conseguiram passar no concurso. Esse argumento não é válido se não for compravado e isso só seria possível após a lista sair e se comprovar que a maioria aprovada é contratada.

  4. Olá! Liss você disse que não encontrou Miguel Zabalza na bibliografia dos Anos Iniciais (5.1), mas infelizmente ele está lá sim, bem como as teorias da aprendizagem…
    Parabéns pela ajuda prof Ângela!

    • Oi Quéli, espero que vocês aproveitem outros materiais colocados no blog, tem muita charge, textos e sempre que tiverem uma idéia para explorar, me avisem que “invento” uma aula interdisciplinar. Essa semana coloquei uma apresentação sobre o bom professor, que é aquele que não dá aula. Abraço

  5. Estou tentando reunir uma galera para sentarmos, debatermos e elaborarmos recursos sobre a prova. Quem estiver a fim de enfrentar essa batalha, ou saiba de alguém que queira/ ou se interesse, entre em contato comigo por e-mail: anamadruguinha@gmail.com

    • Olá, caso o nome do autor citado na prova estiver escrito de forma incorreta como na questão 58 na qual cita a autora” BOURO” mas o nome esta incorreto o certo seria Buoro, esse caso seria passível de recurso??????

  6. A escrita do nome do autor citada de forma incorreta, na prova habilitação 5.1 séries iniciais, a questão 58 cita a autora BOURO, mas o nome está incorreto o certo é Buoro!!Caberia recurso???

    • Lis e demais
      O caderno Dinheiro da ZH dominical tem uma reportagem cujo título é “O papelão dos Concursos”, não fala sobre o do magistério, mas de situações que ocorreram por aí.

  7. Quem fez para área das Ciências da natureza:
    abaixo sobre questões 46 e 39:
    Questão 46.
    Um certo aluno, que tinha comportamento exemplar no que diz respeito aos procedimentos de separação e reaproveitamento do lixo , instituídos pela escola em seu programa de Educação Ambiental (EA),jogou o lixo de sua casa, sem qualquer tratamento ou separação, no terreno baldio ao lado do seu colégio. Esse exemplo mostra que a distância entre os comportamentos observados e as atitudes que se pretende formar é um dos maiores desafios da E.A.
    Considerando, esse exemplo, percebe-se que uma atitude ecológica , conforme Carvalho (2003), é mais que a soma de bons comportamentos, pois requer
    a) o desenvolvimento de capacidade e sensibilidade para identificar e compreender os problemas ambientais
    b) a construção do conhecimento para elaborar projetos socioambientalistas
    c) a predisposição para seguir regras coletivas
    d) a vinculação afetiva para trabalhar em equipe
    e) o convencimento racional para entender a urgência da crise ambiental.

    Recurso:
    Reconhecida pela FDRH como resposta correta pelo gabarito publicado como sendo a letra ‘a”, tenho a convicção que a questão 46 da Área 3.3.- Química – deve ser cancelada em função de erro na referência da Bibliografia no enunciado da questão.
    É mencionado no enunciado o autor Carvalho (2003) e na Bibliografia indicada no Edital temos duas opções de livros deste mesmo autor, a saber:
    CARVALHO, A. M. P.; GIL-PÉREZ, D. Formação de professores de Ciências. São Paulo: Cortez, 2003. Col. Questões da Nossa Época. Nº 26.
    CARVALHO, ISABEL C. M., Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2006.

    Carvalho (2003) trata de Formação de Professores de Ciências. O que é abordado nessa questão é sobre a formação do sujeito ecológico, ou seja, deveria ter sido mencionado – para um questionamento correto – Carvalho (2006).
    Encontraríamos a resposta da questão 46 no capítulo 5 do livro CARVALHO, ISABEL C. M., Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2006.

    QUESTÃO 39; Área 3.3 Química
    Reconhecida pela FDRH como resposta correta pelo gabarito publicado como sendo a letra “d”, venho solicitar que esta questão seja desconsiderada visto que não localizei resposta na bibliografia indicada no edital para a Área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
    Listo a bibliografia que foi publicada no edital ; em nenhum dos livros consultados localizei dados da pesquisa que constam na questão 39
    3 – CIÊNCIAS DA NATUREZA e suas Tecnologias
    Resolução CNE/CEB nº 02/98 – Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental.
    Resolução CNE/CEB nº 03/98 – Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. BRASIL.
    Parecer CNE/CEB nº 11/2010, aprovado em 7 de julho de 2010 – Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos.
    Ministério da Educação e Cultura / SEF. Parâmetros Curriculares Nacionais Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. – Brasília : Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. 135 p. (Orientações curriculares para o ensino médio; volume 2)
    ALARCÃO, I. et alii. Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre, Artmed, 2001.
    CACHAPUZ, A, CARVALHO, A. M. P., GIZ-PÉREZ, D. A Necessária renovação do Ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 2005.
    CARRETERO, M. Construtivismo e educação. Porto Alegre, Artmed, 1997.
    CARVALHO, A. M. P.; GIL-PÉREZ, D. Formação de professores de Ciências. São Paulo: Cortez, 2003. Col. Questões da Nossa Época. Nº 26.
    CARVALHO, ISABEL C. M., Educação Ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2006.
    CHASSOT, Attico. A Ciência através dos Tempos. São Paulo. 2ª edição. Editora Moderna. 2004.
    DELIZOICOV, D; ANGOTTI, J. A e PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências: Fundamentos e Métodos. São Paulo: Cortez, 2002.
    KORMONDY, E. J. & BROWN, D.E. Ecologia humana. São Paulo: Atheneu Editora, 2002.
    MORAES, Roque& MANCUSO, Ronaldo (orgs.). Educação em Ciências. 1ª Edição. Ijuí, Editora UNIJUÍ. 2004.
    MORAES, R. & LIMA, V.M. R. (orgs.) Pesquisando em sala de aula – tendências para a educação em novos tempos. Porto Alegre, Edipucrs, 2004.
    MOREIRA, A.F. & SILVA, T.T. (orgs.) Currículo, cultura e sociedade. São Paulo, Ed. Cortez, 1995.
    OLIVEIRA, Dayse Lara de (org.). Ciências na Sala de Aula. Coleção Cadernos Educação Básica Porto Alegre,. Ed. Mediação. 1997.
    SACRISTÁN, J.G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre, Artmed, 2000.
    WORTMANN, Maria Lucia C. Currículo e Ciências – As Especificidades Pedagógicas do Ensino de Ciências. In: COSTA, Marisa V. (Org.). O Currículo nos limiares do contemporâneo. RJ. 3ª Edição. DP&A. 2001. p. 129 – 157.

    a questão 39 , como pode ser constado , não tem a resposta em nenhum dos livros indicados para estudo. Está bem claro que essa relação de livros era bem específica para Área, ou seja, para as questões de 36 a 50. Em função dito reforço que a questão 39 deve ser desconsiderada . Conto com a compreensão que a argumentação é mais do que suficiente, visto que não poderia ser cobrado algo que não fosse esclarecido em Edital. Cito a decisão do STF RE440335 para dar ênfase à necessidade de anulação da questão- Leia abaixo a decisão do STF que confirmou anulação de questões fora de edital de concursos:

    Acórdão
    RE 440335 AgR / RS – RIO GRANDE DO SUL
    AG.REG.NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO
    Relator(a): Min. EROS GRAU
    Julgamento: 17/06/2008 Órgão Julgador: Segunda Turma
    Publicação
    DJe-142 DIVULG 31-07-2008 PUBLIC 01-08-2008
    EMENT VOL-02326-06 PP-01188
    Parte(s)
    AGTE.(S): ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
    ADV.(A/S): PGE-RS – KARINA DA SILVA BRUM E OUTRO(A/S)
    AGDO.(A/S): ALESSANDRA RODRIGUES PADILHA
    ADV.(A/S): GUSTAVO DE OLIVEIRA BUENO
    Ementa
    EMENTA: AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO. CONSTITUCIONAL. CONCURSO PÚBLICO. ANULAÇÃO DE QUESTÃO. 1. Anulação de questão não prevista no edital do concurso. 2. O Supremo Tribunal Federal entende admissível o controle jurisdicional em concurso público quando “não se cuida de aferir da correção dos critérios da banca examinadora, na formulação das questões ou na avaliação das respostas, mas apenas de verificar que as questões formuladas não se continham no programa do certame, dado que o edital – nele incluído o programa – é a lei do concurso”. Precedente. Agravo regimental a que se nega provimento.
    Decisão
    A Turma, a unanimidade, negou provimento ao agravo regimental, nos termos do voto do Relator. Ausentes, justificadamente, neste julgamento, os Senhores Ministros Joaquim
    Barbosa e Celso de Mello. Presidiu, este julgamento, a Senhora Ministra Ellen Gracie. 2ª Turma, 17.06.2008.

    • Lu, também fiz a prova de Ciências da Natureza, mas para a habilitação 3.1. Preciso de uma questão de Conhecimentos da Área. Também vou entrar com recurso na questão nº 46. São muitas as irregularidades. O Parecer citado na questão nº 38, não se encontra na bibliografia recomendada e entre tanto material para estudar, não tínhamos obrigação de saber. Já a questão nº 49 também não está na bibliografia recomendada, o que é passível de anulação sim. Estou preparando meus recursos, se tiver interesse, entre contato comigo.

    • A 60 parece que já vi em algum comentário. Acho que já tem gente fazendo recurso, dá uma olhada nos comentários e se não tiver e-mail, me manda o nome de quem postou o comentário que faço a ponte. Aproveita para ler o último post e mais tarde outro sobre um blog criado pelo pessoal que comenta também por aqui para organizar recursos. Abraço

      • Vou procurar, mas não sei se vou conseguir hoje, me lembra amanhã a tarde? eu encontro o e-mail dela. Tenho que levantar às 6h e 20 min e ainda tenho umas provas para corrigir… abraço

      • JÁ TENHO A FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DA QUESTÃO 60 CP EF. ESTA NA BIBLIOGRAFIA AUTOR “PAES”. SERÁ QUE TEM ALGÚM MODELO PARA PEDIDO DE REVISÃO DA PROVA OBJETIVA? PELO MEU GABARITO,ACERTEI 6(MINIMO) NA CP EF, PORÉM ,NA LISTAGEM E PELA BUSCA POR CPF ESTA 5 QUESTÕES, ASSIM MESMO VOU ENTRAR COM RECURSO EU NÃO SEI QUAL É QUE NÃO BATEU COM O GABARITO. A 60 É A MAIS DÚVIDOSA E EU A ERREI PELO GABARITO OFICIAL, E TB PELO MEU.

        NO AGUARDO
        VLADINEY

    • Rúbia, vou colar parte do comentário do Rick:
      questão nº 30 que aborda um artigo do ECA fora da bibliografa do edital
      a questão nº 26 que aborda um tema político e jurídico totalmente fora da área de educação
      a questão nº 32 omite informações
      em duas alternativas, comportando assim mais de duas respostas

      Acho que legislação era igual para todos, ou estou enganada? Qualquer dúvida, avisa. Abraço

    • Noni, há um blog organizado pela Ana e coloquei um link no último post. Cada professor deve elaborar o seu recurso, mas óbvio que quanto mais recursos de uma determinada questão, mais chances de anular. abraço e boa sorte

    • Victória, recursos são elaborados individualmente, colegas podem fornecer uma base, mas não o recurso pronto, até porque não teria sentido apresentar vários recursos iguais. Leia também a resposta que coloquei para Janaína e veja se há alguma sugestão no blog da Ana, cujo link coloquei no último post.Abraço e boa sorte

      • Olá, professora!
        Queria os recursos para poder compartilhar as dúvidas e ver se eu estava no caminho certo ao fazer os meus. Constatei que o meu pensamento batia com o de muitas pessoas.
        Agora é só aguardar!
        Um abraço!

      • Victória, que bom que coseguiste e tomará que obtenhas aprovação, a partir dos recursos. Achei injusto as melhores notas perderem para aqueles que conseguiram 60% no total. Qualquer coisa “prende um grito”. Abraço e boa sorte

  8. Bah Professora Angela
    Segunda é feriado aqui. Nao tem correio. Só podemos enviar por SEDEX. Estamos voando contra o tempo.
    Nao tenho muita parceria no Ingles mas estou com esperança. O recurso é coerente.
    Abraços
    Angela Silva

    • Faço votos que consigas, alguns não merecem, querem tudo pronto, de váriiiiias questões, não querem nem ter o trabalho de pensar, mas tu és uma batalhadora. Boa sorte e se for preciso, envia de alguma cidade vizinha. Abraço

      • Muito obrigada professora.
        Li bastante, pesquisei e aprendi. Apesar da angustia tudo tem seu valor. Vejo que quanto mais eu penso que sei vejo que nada sei. Tudo isso me despertou mais vontade de buscar e aprender. Pena que falta tempo né professora? Trabalhamos muito né? 40 horas, varias turmas e muito trabalho para sala e casa. Estou com muita sede de aprender mais e mais.
        Adoro ler. Só que ultimamente pego um livro e durmo por cima dele. Foi muito engraçado estudar para o concurso. O sacrificio de me manter acordada foi um caos mas eu consegui.
        Vou tentar a loteria para o meu querido ponto.
        Obrigada pelo apoio.
        Angela Silva

      • Exatamente assim, mas esse blog sempre esteve aberto para compartilhar… sou boa em inventar.. questões, brincadeiras, charadas, é só ter o conteúdo de qualquer área que ajudo. Adoro aprender e inventar ehehehe beijão

  9. Oi, colegas!!!!
    Rodei por uma questão como muitos colegas da minha região na prova de conhecimentos pedagógicos ( educação especial- 5.2 mas, mesmas questões da 5.1, séries iniciais). Enviei hoje dois recursos nesta prova, questões 14 e 17, respectivamente, pelos mesmos motivos, falta de referência para responder corretamente. Quem leu Paulo Freire, sabe que as frases e citações são de seus livros, porém, principalmente na questão 17, a resposta considerada correta, letra e ( encontra-se no subitem 3.1 (ensinar exige segurança, competência profissional e generosidade) do capítulo 3 (ensinar é uma especificidade humana) e não no subitem 3.4 ( ensinar exige liberdade e autoridade).
    A questão dizia pra quem não é da área:
    “Em relação à autoridade – liberdade em sala de aula, é correto afirmar que:” ( seguida das opções)
    resposta correta segundo o gabarito oficial, como disse letra e: a disciplina verdadeira não ocorre na estagnação, no silêncio dos silenciados, mas no alvoroço dos inquietos.
    1º) a questão não dá referência nenhuma para ser respondida ( quem leu Freire, conhece seu texto)
    2º como disse anteriormente a resposta considerada correta não se encontra no subitem relacionado à questão autoridade – liberdade como refere-se a pergunta.

    Concordam??????
    Mais alguém, mesmo que acertado esta concorda?
    Por favor enviem recursos também.

    • Andreia, acho que o argumento é a não citação do autor, porque a relação entre a questão e a alternativa considerada correta, para mim, é clara, mas procura ler o que dizem teus colegas, já que minha área é sociologia, portanto, posso estar enganada. Boa sorte

  10. Alguém vai entrar com recurso na qustão 45 para Anos Iniciais5.1? Por que alí fala em 3 estágios de desenvolvimento e na verdade são 4.

    • Jaqueline, já elaboraste o recurso? Pode haver diferença entre autores, deves te basear nos autores da bibliografia do concurso…

  11. OLÁ, PROFESSORES FIZ MINHA FUNDAMENTAÇÃO DA CP 13 CASO QUERAM ARGUMENTAR DISPONIBILIZO:
    Prova de Conhecimentos Pedagógicos: Questão 13

    GABARITO OFICIAL ALTERNATIVA (A)

    13. Na perspectiva de uma prática educativa-crítica ou progressita, o papel do professor, ao ensinar o conteúdo a ou b, é o de ajudar o aluno a

    a) Reconhecer-se como arquiteto de sua prática cognoscitiva.
    c) Reconhecer-se como objeto do processo de construção do saber.

    A referida questão acima possui duas alternativas corretas à alternativa (A) e (C),segundo a bibliografia do concurso para provimento do quadro do magistério público o autor, FREIRE, PAULO. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa, RJ:Paz e Terra,2000.
    Segundo FREIRE, Cap. 2 pág. 47 “As consideração ou reflexões até agora vêm sendo desdobramentos de um primeiro saber inicial apontado como necessário à formação docente, uma perspectiva progressista. Saber que ensinar não transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.”
    Em outro momento FREIRE, no inicio de sua obra ele retoma: segundo FREIRE, Cap. 1 pág. 22 “É preciso, sobre tudo, e aí já vai um destes saberes indispensáveis, que o formando, desde o princípio mesmo de sua experiência formadora, assumindo-se como sujeito(objeto) também da produção do saber, se convença definitivamente de que ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para sua produção ou sua construção.”
    Já na página 23, FREIRE, escreve: “ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender”. “Quem ensina ensina alguma coisa a alguém. Por isso é que do ponto de vista gramatical o verbo ensinar é um verbo transitivo-relativo. Verbo que pede um objeto direto – alguma coisa – e um objeto indireto – a alguém.”
    Portanto solicito a ANULAÇÃO da questão 13.

    GRATO
    vladiney@ig.com.br

      • Professora preciso de uma justificativa para alguma das questões: 26, 27, 31, 35, 37, 39, 40, 41, 42, 43, 44, 48, 50, 57, só me faltou uma questão para passar, se puder me ajudar, desde já agradeço. Meu mail jadisdalbello@hotmail.com

      • Jadis, tens que colocar qual a área e as disciplinas, assim como averiguar quais dessas questões podem ter mais de uma alternativa correta ou nenhuma e então fazer uma justificativa. Ou, procurar nos comentários, no blog cujo link coloquei no penúltimo post e no grupos de estudos no facebook. A idéia é trabalhar em conjunto.

  12. professora a area 5.1 séries iniciais da prova de conhecimentos da área e habilitação do professor das questões 26, 27, 31, 35, 37, 39, 40, 41, 42, 43, 44, 48, 50, 57. Se puder me ajudar agradeço, hoje é o último dia de postar nos correios os recursos.

    • Jadis, primeiro passo: encontrar os erros… duas respostas possíveis ou nenhuma, não constar na bibliografia… ou procurar nos comentários quais são questionadas por colegas…olhar no blog que coloquei num post, procurar o grupo de estudos magistério 2012 no facebook… tem muita gente trabalhando junto, mas dificilmente vais encontrar recurso pronto…

      • Oi Professora Angela

        Enfim o pesadelo terminou. Foram dias exaustivos. Creio todos estarmos muito cansados apos esse turbilhão de analises das questões da prova. Estou confiante. Aprendi muito com esse concurso principalmente no sentido de que somos todos humanos por isso erramos. Por mais profissionais que somos também estamos sujeito a erros. Por vezes nem notamos seja por distração seja por equivoco. Por outras sofremos por não admitir que erramos. Todo erro tem uma razão. O mesmo erro que você acha que te derrotou por vezes pode ser exatamente aquele vai te dar a vitória. As coisas não acontecem em vão, é a velha historia. Aprendo eu cá aprende o outro lá. Ontem eu estava errada hoje eu posso estar certa. Quem não se engana não é mesmo? Os enganos vivem em meio às certezas. Isso não é diferente em concurso. Erro eu, acerta o ‘gabarito’, acerto eu erra o ‘gabarito’. O resto é uma questão de princípios. Afinal a maior honra como diz minha mãe é admitir que errou. Acusar é muito fácil assumir é outro departamento. Confio na banca. Ela saberá o que fazer. Creio estar lidando com profissionais éticos que prezam seus princípios. Afinal somos educadores não é mesmo?
        Obrigada por todo carinho e paciência que teve para conosco professora.
        Há muitos nomes que citar, como Rick, professor Omar, professora Vivian Magalhaes, Professor Marco, Professor Denilson, Chica simplesmente, Ana Madruga entre outros. Não fosse tamanho apoio não teríamos chegado até o final. Eu posso dizer que valeu. Sei que o retorno virá.
        Que vocês continuem sempre assim bonitos.
        Me aguarde com boa noticia.
        Abraços
        Com carinho
        Angela Silva

      • Angela, não há o que acrescentar ao teu texto. O erro nos ensina mais que o acerto, por exigir superação. Espero que continues a partilhar esse espaço, com sugestões ou críticas. Há muito material, que pode ser utilizado em várias disciplinas, como links para charges em inglês e espanhol, texto para análise tanto em português, quanto em sociologia. E sempre posso inventar novas atividades, inteligando áreas, basta pedir. Boa sorte nos recursos e por favor, me informa se conseguiste. Abraço

  13. Parabéns pelo comentário Angela Silva, confesso que fiquei emocionada…
    Agradeço pelo apoio de todos, também acredito em nossa vitória, um abraço forte !!!

    • Lis, a Ângela se esmerou ( ainda se usa essa palavra?) assim como todos que não desistiram e lutaram para formular recursos.
      Não esquece de avisar se conseguiste entrar. Boa sorte. Abraço

      • Lindo comentário Angela! Parabéns. Parabéns tb e um muito obrigada para ti profª Angela, grande pessoa…Obrigada, por este maravilhoso espaço. DEUS nos abençoe… Bjsss..

      • Luiza, ele serve para compartilhar…sempre que precisares de uma ideia, coloca aqui o assunto e criamos algo. Abraço e boa sorte com os recursos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s